Estamos Online!
0 comentários Ostrowski

Norma acessibilidade para rampa e a condição ideal de instalação

Excelentes. Definitivas. Próprias. Assim, podemos definir a rampa que é construída a partir do que está descrito na norma acessibilidade para rampa. Afinal, todas as edificações acessíveis precisam contar com elas, pois só é por meio desse recurso que os cadeirantes e as pessoas com mobilidade reduzida conseguem ter acesso a diferentes locais.

A norma acessibilidade para rampa precisa propiciar a mobilidade reduzida tanto para cadeirantes como para pessoas que estão fazendo uso de muletas, idosos, gestantes e mais com carrinho de bebê.

A norma acessibilidade para rampa diz que a inclinação da rampa de acessibilidade consiste na relação entre a altura e o comprimento da mesma exibida em porcentagem. Não entendeu? Vamos exemplificar!

Uma rampa que tem 8% de inclinação é a aquele que indicada que a sua altura corresponde a 8% do valor do comprimento dela. Sendo assim, quando o desnível é de 16 cm, ele é vencido com o emprego de uma rampa que tem 2 metros de comprimento. Assim, a rampa apresente 8%, pois já tem 0,16 que é o corresponde a 8% de 2.

 

Norma acessibilidade para rampa apresenta tabela de dimensionamento

Por meio de uma tabela, a norma traz o dimensionamento das rampas. A inclinação admissível varia conforme o segmento. Quando falamos em inclinações que ficam entre 6,35% e 8,33% é preciso prever áreas para descanso a cada 50 metros de percurso nos patamares.

Já quando estamos falando em reformas e não existe nenhuma solução que atende o que está disposto na tabela de inclinações, a norma possibilita a construção de rampas que apresentem inclinações que sejam entre 8,33% até 12,5%.

A rampa precisa ser o mais suave possível quanto maior for a altura, pois só assim os portadores de necessidades especiais conseguiram ter acesso a ela. Uma rampa não pode ser colocada ao lado de uma escada, porque o cadeirante não conseguirá passar por ela.

 

A sinalização com piso tátil deve ser instalada nas rampas, pois ela é destinada aos deficientes visuais, assim como o piso antiderrapante e o corrimão duplo e essas características estão dispostas na NBR 9050.

Os patamares devem ser instalados tanto no começo como no término das rampas e devem ter 1,20m. Os patamares dos seguimentos das ramas também devem seguir a mesma medida. No entanto, quando os patamares mudarem de direção, a dimensão precisa ser a mesma que à largura da rampa.

Equipamentos de Acessibilidade é com a Projemak

Equipamentos de Acessibilidade para qualquer lugar, Elevadores de Acessibilidade com a máxima segurança e design, assim são os produtos fabricados pela Projemak.

Com tecnologia própria, a Projemak desenvolve e cria diferentes projetos de plataformas elevatórias de acessibilidade para escadas.

Podendo ser adaptada em diferentes locais, nossos equipamentos produzidos são diversos, tendo como foco sempre o respeito pelo próximo, pois estamos preocupados em ajudar as pessoas que tem mobilidade reduzida a se locomoverem  e assim, elas podem usufruir seu direito básico de ir e vir. Confira nossa linha completa de equipamentos e acessórios.